Você está aqui: Skip Navigation LinksPágina Inicial >> Todas as Notícias >> Ver Notícia

Notícias

Sociedade civil rende homenagem às vítimas de acidentes rodoviários

18/11/2019 00:17 (ZAIRE)
A marcha sob lema: "Segurança Rodoviária, Direito de todos, Dever de cada um", foi promovida pelo Governo Provincial em parceria com o Conselho Província da Viação e Ordenamento do Trânsito da Polícia Nacional, no Zaire, no âmbito do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada a comemora-se neste domingo, 17, - celebra-se todos os anos no terceiro domingo de Novembro -.

A marcha sob lema: "Segurança Rodoviária, Direito de todos, Dever de cada um", foi promovida pelo Governo Provincial em parceria com o Conselho Província da Viação e Ordenamento do Trânsito da Polícia Nacional, no Zaire, no âmbito do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada a comemora-se neste domingo, 17, - celebra-se todos os anos no terceiro domingo de Novembro -.

O objectivo deste dia é lembrar aqueles perderam a vida ou a sua saúde nas estradas e ruas do país, assim como tentar prevenir o acontecimento de mais acidentes e o registo de mais vítimas de acidentes rodoviários.

A marcha realizada na manhã deste domingo, 17, na cidade de Mbanza Kongo, teve a cabeça a vice-governadora para os Serviços Técnicos e lnfra-estruturas, Ângela Maria Botelho Bernardo Diogo, em representação do governador provincial, Pedro Makita Armando Júlia, que está em trabalho de campo, no interior da província, concretamente no município do Nóqui.

Esta actividade, contou ainda com a participação da vice-governadora para o sector Político, Social e Económico, Fernanda Deolinda Sumo Guerra, da Administradora Municipal de Mbanza Kongo, Nzuzi Makiesse, do Comandante dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, Sub-Comissário Bombeiro, Daniel Janeiro Fernandes e de outras entidades.

Durante a caminhada os participantes proferiram palavras de ordem, como: Se conduzir não beba (álcool) e, se beber não conduza, Paz na estrada, entre outras...

No fim da marcha, que aconteceu pontualmente às 12h00, redeu-se um minuto de silêncio em memória às vítimas de acidentes rodoviários no pais e no mundo. De seguida, a vice-governadora para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, depositou una coroa de flores na estrada.

Este gesto significou para além de homenagear as pessoas vítimas na estrada e as suas famílias, também se prestou louvores aos profissionais que diariamente lidam com esta trágica realidade, tais como os polícias, as equipas de emergência e os restantes profissionais médicos.

A governante ao falar a imprensa, começou por destacar a razões da marcha e a estatística em termos de números de acidentes.

Só no Zaire, nos últimos meses, ocorreram 325 acidentes, destes que resultaram na morte imediata de 53 pessoas e de 444 feridos, vítimas de acidentes, atropelamentos, ou seja, todo tipo de sinistralidades. Dai, apelou para que todos nós possamos contribuir, participar, para reduzirmos os níveis de acidentes nas entradas.

Todos temos que nos engajar na mobilização da população, sobretudo aos jovens que são os maiores prestadores de serviços de táxis, para uso de capacetes, no respeito ao código de estrada, para haver paz na estrada.

 

2019 - Projecto Portal do Governo da República de Angola - Copyright - Política de Privacidade