Você está aqui: Skip Navigation LinksPágina Inicial >> Todas as Notícias >> Ver Notícia

Notícias

Presidente da República termina visita na Huíla

25/06/2019 18:15 (PR)
O Presidente da República, João Lourenço, deixou na tarde desta terça-feira, 25, a província da Huíla de regresso à Luanda, depois de ter cumprido uma visita de trabalho de dois dias à região.

No aeroporto da Mukanka, o Chefe de Estado, acompanhado da Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço, recebeu cumprimentos de despedida do governador provincial, Luís da Fonseca Nunes, e de outras entidades.

Durante a sua estada na Huíla, João Lourenço reuniu-se com os membros do Governo provincial e manteve contactos com figuras representativas da comunidade local onde auscultou pontos de vista e contributos, dentro do espírito de uma presidência aberta.

O Chefe de Estado angolano afirmou, na ocasião, que o Executivo angolano está apostado no desenvolvimento da província da Huíla, uma das alternativas para ajudar a desanuviar o excesso de população da capital do país, Luanda.

Assegurou, também, que o governo vai prosseguir com os projectos regionais de reabilitação de infra-estruturas religiosas destruídas por acção da guerra que assolou o país.

O Chefe de Estado angolano testemunhou a inauguração do primeiro centro público de hemodiálise da Huíla, equipado com tecnologia de ponta, e que vai atender 74 pacientes/dia.

Entregou, igualmente, as chaves do colégio católico “Paulo Fransineti”, ex-Instituto Normal de Educação da Huíla, que prevê albergar, no ano lectivo de 2020, 750 alunos do ensino primário e secundário, bem como inaugurou outro estabelecimento escolar público.

Ao entregar a escola número 183, o Presidente João Lourenço foi a busca das crianças na antiga escola rudimentar (feita de chapas de zinco) e as levou para a nova unidade escolar, onde com elas cantou o Hino Nacional.

Nos dois dias de trabalho à província da Huíla, o Presidente João Lourenço constatou o estado dos vários troços de estrada requalificados e em fase de recuperação da cidade do Lubango, bem como inaugurou a centralidade da Quilemba, com a entrega simbólica de chaves a dois dos primeiros 854 moradores.

Angop

 

2019 - Projecto Portal do Governo da República de Angola - Copyright - Política de Privacidade